"Todas as opiniões aqui expressas são da inteira responsabilidade do autor de cada postagem, não coincidindo, necessariamente, com as posições do órgão público cujos quadros o autor integra nem de qualquer órgão do governo brasileiro".

Anki para Concursos e Faculdade?



Anki para Concursos e Faculdade?Olá pessoal, meu nome é Maycon Moreira, estou de volta para falar sobre o aplicativo Anki e como costumo utilizá-lo em meus estudos, aliás, como até já tinha adiantado na postagem "Estudar no Transporte Público?".

Por acaso, você que lê essa postagem, já teve a sensação de ter compreendido bem a matéria estudada, seja em sala de aula ou em casa, e, no momento da prova, simplesmente, não lembrar de boa parte daquilo que estudou?

Pois é, se essa situação já lhe ocorreu, saiba que isso é muito comum no funcionamento de nosso cérebro. Pesquisas muito bem consolidadas indicam que nossa mente consegue "trazer a tona", mais facilmente, aquilo que foi "armazenado" quando aquela memória foi consolidada acompanhada de emoções ou com prática espaçada e deliberada, que foram muito bem discorridas nos livros "Fixe o conhecimento" e "Direto ao Ponto: Os segredos da nova ciência da expertise".

Como as emoções não são muito comuns nos estudos (exceto a raiva, rs), precisamos nos organizar de forma que seja viável revisar o conteúdo regularmente.

Está comprovado, tudo aquilo que vemos, ouvimos, lemos, etc, passa por um processo no cérebro chamado de "curva do esquecimento". 

curva do esquecimento

Ou seja, se não revisarmos o assunto de forma a minimizar os efeitos da curva do esquecimento, fatalmente, não conseguiremos resgatar o assunto quando precisarmos. Agora, notem bem, podemos minimizar, pois é impossível eliminar completamente os efeitos da curva do esquecimento.

Aí entra a dificuldade. Como revisar?

Principalmente no mundo dos concursos, muitos especialistas disponibilizam informações relevantíssimas sobre o assunto, que podem auxiliar muito as pessoas que ainda não sabem como organizar suas revisões. Para citar alguns exemplos, costumo indicar o "Ciclo EARA", do Fernando Mesquita, que tem um excelente canal no YouTube sobre concursos públicos. Outro livro bem interessante é o "Como Estudar para Concursos" do Alexandre Meirelles, que tem um excelente histórico nesta área.

Entretanto, confesso, sem o auxílio do Anki não consigo organizar uma rotina de estudos adequada, ou seja, que inclua a revisão espaçada, principalmente por ter uma vida bem corrida, tendo que conciliar o tempo com a família, trabalho, faculdade e estudos.

E por qual motivo prefiro o Anki e não o programa de revisões indicado, por exemplo, nas obras acima mencionadas?

Simples, o Anki faz o "trabalho pesado" para mim, pois me indica o que e quando preciso revisar determinado assunto.

Nas revisões convencionais, costumamos rever o conteúdo de maneira uniforme. Entretanto, o funcionamento do Anki é muito mais eficiente, pois ele "manda" realizar as revisões daquilo que mais tivemos dificuldades para responder utilizando o programa.

Aliás, essa é a técnica de revisões conhecida como flashcards, porém, no modo convencional, você escreve a pergunta ou trecho de texto em um lado do cartão e verifica se acertou olhando o verso. Desta forma, aqueles flashcards que tivemos maiores dificuldades terá de ser revisado de forma mais frequente do que aqueles que respondemos facilmente. Porém, ainda assim, é preciso uma excelente organização e espaço físico para organizar essa forma de estudo.

Aí entra a "mágica" do Anki, pois ele realiza essa tarefa de forma automatizada. Falarei mais sobre o assunto, mas, se precisar de um tutorial sobre o Anki, indico o artigo do Professor Mairo Vergara.

Para organizar os flashcards, utilizamos os decks. Seguem alguns exemplos de decks que utilizo em minhas revisões:

Anki para Concursos e Faculdade?

Agora, um exemplo de flashcard:

Anki para Concursos e Faculdade?

Tente resgatar da memória o conteúdo e clique em "mostrar resposta". Será exibida uma tela parecida com esta:

Anki para Concursos e Faculdade?

Importante, além de alimentar corretamente o Anki, terá de ser sincero quanto ao nível de dificuldade que encontrar para responder a pergunta, pois o Anki organizará a frequência das revisões de acordo com suas respostas.

O ideal é que você mesmo crie seus decks e flashcards. 


Porém, se tiver com pouco tempo disponível ou com dificuldades iniciais para criar seus próprios flashcards, podemos utilizar decks e flashcards criados por outras pessoas, pois isso pode agilizar muito seus estudos.

Cadastre seu e-mail no blog ou me siga no Facebook e/ou Instagram, em breve, além de falar mais sobre o assunto, divulgarei aqui alguns decks que utilizo em minhas revisões. 

"Todas as opiniões aqui expressas são da inteira responsabilidade do autor de cada postagem, não coincidindo, necessariamente, com as posições do órgão público cujos quadros o autor integra nem de qualquer órgão do governo brasileiro".

Postagens mais visitadas deste blog

Como prefiro estudar livros muito longos?

Efeito Dunning-Kruger nos Concursos e na Pandemia do novo Coronavírus