"Todas as opiniões aqui expressas são da inteira responsabilidade do autor de cada postagem, não coincidindo, necessariamente, com as posições do órgão público cujos quadros o autor integra nem de qualquer órgão do governo brasileiro".

Coloque todos os ovos bons em uma cesta e depois observe essa cesta - Andrew Carnegie

Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay 

Olá pessoal, meu nome é Maycon, estou de volta para comentar uma reflexão que tenho tido ultimamente sobre uma famosa frase atribuída a Andrew Carnegie, um dos maiores ícones do capitalismo norte-americano:

"Coloque todos os ovos bons em uma cesta e depois observe essa cesta" - Andrew Carnegie.

Essa frase pode soar bem estranha, principalmente para quem já ouviu o velho conselho: "nunca coloque todos os ovos na mesma cesta".

Entretanto, o contexto deste ensinamento de Andrew Carnegie nos conduz a levar muito a sério o que ele disse.

Andrew Carnegie lecionava na ocasião sobre a importância do foco nos objetivos, ou seja, quanto mais focado na "ÚNICA" cesta de ovos, com os melhores ovos selecionados, mais fácil seria cuidar com excelência destes ovos.

Diante deste ensinamento, me pego a pensar se, realmente, não "evaporamos" muito nossa energia em diversas coisas diferentes, principalmente no mundo profissional, o que nos leva a fazer de forma "mediana" tais atividades.

Desta forma, isso indicaria que, caso focássemos em um "único" objetivo, concentrando forças, mesmo que com riscos, provavelmente estaríamos muito mais próximos da plenitude para alcançar este objetivo, seja ele tocar um negócio, ser aprovado em um concurso, etc.

Cadastre seu e-mail no blog ou me siga no facebook e/ou instagram, para receber outras atualizações!

Grande abraço!

"Todas as opiniões aqui expressas são da inteira responsabilidade do autor de cada postagem, não coincidindo, necessariamente, com as posições do órgão público cujos quadros o autor integra nem de qualquer órgão do governo brasileiro".

Postagens mais visitadas deste blog

Anki para Concursos e Faculdade?

Como prefiro estudar livros muito longos?

Efeito Dunning-Kruger nos Concursos e na Pandemia do novo Coronavírus