Imagem de Lars_Nissen por Pixabay

*Atenção! O texto a seguir é uma obra de ficção, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência!

Era uma vez um sargento chamado Tício, mecânico de aeronaves, "recém-formado", porém, muito competente e zeloso com o trabalho!

Certo dia, antes de determinada missão em um avião cargueiro militar, Tício constatou problemas em um dos motores da aeronave, os quais, segundo sua opinião técnica, impediriam o voo da aeronave com segurança!

Contudo, ao informar a indisponibilidade do avião para seu superior, o Major Mévio, o qual era comandante daquele voo, determinou ao sargento que retirasse a indisponibilidade, pois, segundo ele, aqueles problemas não impediriam o voo!

A obrigação profissional de Tício era "indisponibilizar" o avião em caso de pane grave, em documento próprio do voo, porém, ficou com muito receio, pois, era recém-formado - portanto, não estável-, e o Oficial era de patente muito alta, com certeza, contrariá-lo o levaria a ter problemas na carreira! 

Então Tício, mesmo com muito receio, liberou o avião para voo, onde, inclusive, embarcou no mesmo, pois fazia parte da tripulação, juntamente com o Oficial Mévio que determinou a liberação da aeronave e outros militares!

Ocorre que no trajeto o avião começou a ter problemas técnicos, com falhas sistemáticas nos MOTORES!

A região sobrevoada era muito montanhosa, não havia onde o avião pousar com segurança!

Então, o avião cargueiro despencou em meio às montanhas, ceifando a vida de alguns dos tripulantes, porém, com sobreviventes!

Tício faleceu no local, Mévio sobreviveu....